BEM-ESTAR | MAIO.2022

Mãe, você também precisa olhar para si

Depois da maternidade, a mulher, que antes tinha sua própria rotina, precisa lidar com uma série de transformações e desafios. Especialmente nos primeiros anos de vida da criança, muitas mães podem se sentir sobrecarregadas, com baixa autoestima e ter dificuldade em cuidar de si.

A sensação que às vezes prevalece é que será impossível dar conta de um cotidiano repleto de tarefas e, assim, as mulheres acabam esquecendo do autocuidado e se privam de algumas coisas.

Mas como cuidar do outro se o seu próprio bem-estar estiver em segundo plano?

 

Como encontrar tempo para o autocuidado

Para que a mulher consiga voltar a se notar, é preciso garantir que ela esteja em um ambiente seguro para falar sobre seus sentimentos, expressar suas opiniões, desejos e vontades alheios às necessidades do bebê.

Neste quesito, além de um trabalho de Ponderação pessoal, é importante que a mãe conte com uma rede de pessoas que possam apoiá-la e dar espaço para que ela olhe para si.

 

Aqui vão algumas dicas para as mães

· Converse com seu parceiro ou rede de apoio para equilibrar a divisão de tarefas, incluindo o cuidado com os filhos;

· Aprenda a dizer “não” para priorizar o seu bem-estar;

· Faça checkups de saúde regularmente;

· Separe momentos do dia para o seu lazer;

· Sempre que possível, faça atividades físicas – elas são importantes não só para a saúde, como para a produção de hormônios da felicidade;

· E reserve um tempo para cuidar da sua saúde mental, seja com meditação, terapia ou com exercícios de respiração.

 

O autocuidado é uma responsabilidade afetiva consigo. Afinal, é como diz aquele ditado: mãe feliz, criança feliz. Cuide-se!