ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL | 15.OUTUBRO.2018

Ervas, temperos e chás

Existem muitas vantagens no uso de ervas medicinais, pois elas possuem uma grande quantidade de nutrientes essenciais para a saúde. Seus benefícios são conhecidos há muito tempo e elas podem ser usadas para curar ou amenizar males que vão desde problemas digestivos até o alívio dos sintomas da ansiedade e estresse.
Contudo, é importante lembrar que nenhuma destas informações substituem o tratamento médico. Busque sempre o auxílio de um profissional.

Separamos algumas informações sobre as ervas mais populares. Aproveite o melhor do que elas podem nos trazer, utilizando-as como temperos e chás.

Salsa
Benefícios: refresca o hálito e contribui para uma pele saudável. Diurético, regularizador do fluxo menstrual.
Na cozinha: é muito utilizada como tempero para conferir cor e aroma as refeições. Pode ser utilizada em saladas e salgados em geral.
Partes usadas: Folhas, caule e sementes.

Tomilho
Benefícios: Digestivo, regulador do intestino, usado nos tratamentos de renites, bronquites e tosses.
Na cozinha: Utilizado como tempero de preparações salgadas. Pode ser utilizado com outras ervas para conferir sabor e evitar o uso do sal.
Partes usadas: Toda a erva.

Sálvia
Benefícios: Usada para gengivite (bochechos), dores de garganta (gargarejo).
Na cozinha: É usada como tempero de preparações salgadas. Proporciona sabor diferenciado em molhos de salada e tempero de peixes.
Partes usadas: Toda a erva.

Açafrão
Benefícios: Tem ação anti-inflamatória e antioxidante, tem sido estudada sua aplicação na prevenção de alguns tipos de câncer.
Na cozinha: Confere cor e aroma a pratos como risotos, também é usado na composição de temperos como o curry. O sal pode ser substituído pelo açafrão.
Parte usada: Raízes.

Alecrim
Benefícios: Tem ação digestiva, anti-inflamatória e relaxante, aliviando a ansiedade.
Na cozinha: Confere sabor a peixes e frutos do mar, aves, batatas, molhos e sopas.
Partes usadas: Folhas e ramos.

Cebolinha
Benefícios: Antisséptico, cicatrizante, diurético, emoliente, estimulante, expectorante, hipoglicemiante, laxativo.
Na cozinha: É utilizado como tempero para conferir sabor, cor e aroma as preparações. Também usado como salada.

Camomila
Benefícios: É levemente sedativa, alivia o estresse. Ajuda a diminuir a irritabilidade, reduz a tensão e a inflamação do trato digestivo, alivia dores e cólicas e tem ação anti-inflamatória, antisséptica e analgésica. Usado em compressas para tratar ferimentos e terçóis (chá).
Na cozinha: Seu chá pode ser usado no preparo de aves e purês, conferindo sabor exótico.
Parte usada: Flores.

Erva-doce
Benefícios: Equilibra a digestão, alivia azia, cólicas e gases. É diurética. Tem ação expectorante e fungicida.
Na cozinha: Pode ser usada no preparo de pães, bolos, biscoitos e também em carnes vermelhas.
Parte usada: Sementes.

Gengibre
Benefícios: Estimulante, ameniza gripes e resfriados, dores e espasmos estomacais. Diminui náuseas e pode ser usado para enjôos. Tem ação diurética, estimulante do apetite, antioxidante.
Na cozinha: Versátil, combina com pratos doces e salgados. Confere sabor exótico em sopas, carnes, biscoitos e bebidas de inverno (como o quentão).
Parte usada: Raízes.

Manjericão
Benefícios: Ameniza a tensão e a ansiedade, melhora a memória e a concentração, é desintoxicante, alivia os sintomas da gripe, diminui as cólicas e combate a prisão de ventre. Apresenta efeito benéfico para o hálito.
Na cozinha: Ótimo acompanhamento para molho de tomate, massas, pizzas, queijos e saladas. Para inovar pode ser usado em sobremesas.
Parte usada: Folhas.

Hortelã
Benefícios: Tem ação expectorante, alivia cólicas intestinais, prisão de ventre e flatulência, é anestésica e digestiva.
Na cozinha: Muito usado em sucos e vitaminas e também em saladas e pratos árabes (como tabule e quibe cru).
Parte usada: Folhas.

Orégano
Benefícios: É usado para melhorar a digestão, para resfriados e dores de garganta (gargarejo) e a sua infusão alivia cólicas.
Na cozinha: Condimento para peixes, carnes, verduras e vinhos. Pizzas, molhos de tomates, massas, berinjela à parmegiana, etc.
Partes usadas: Folhas e galhos.